Psicoterapia

Que tal ter mais qualidade de vida e saúde mental?

Por que as pessoas buscam apoio psicológico?

A psicoterapia é um processo que oferece espaço de escuta e acolhimento, o qual permite a busca pela qualidade de vida e saúde mental. Embasada cientificamente, apresenta eficácia quando se trata de conflitos pessoais e profissionais, ou qualquer outra situação que possa causar sofrimento psicológico, o qual manifesta-se comumente através de sentimentos aversivos como angústia, tristeza, raiva ou ansiedade, por exemplo.

Assim, a psicoterapia é indicada no tratamento de problemáticas, como: depressão, pânico, fobias, ansiedade, entre outros.

Para além de situações conflitantes, a psicoterapia beneficia também aqueles que buscam desenvolver o melhor de si mesmo.

Por que fazer psicoterapia?

Benefícios práticos e emocionais que você pode conquistar através da psicoterapia:

  • Manejar sentimentos e emoções
  • Comunicar-se de forma mais efetiva
  • Reconhecer sua autoestima
  • Ter mais qualidade de  vida
  • Ser ouvido sem ser julgado
  • Descobrir novas potencialidades e habilidades
  • Livrar-se de hábitos prejudiciais
  • Sentir-se acolhido e compreendido
  • Melhorar a qualidade de seus relacionamentos
  • Compreender as situações que está vivenciando
  • Lidar com medos e dificuldades
  • Ressignificar situações adversas
  • Desenvolver novos repertórios comportamentais
  • Ressignificar sua profissional.
  • Manejar sentimentos e emoções
  • Comunicar-se de forma mais efetiva
  • Reconhecer sua autoestima
  • Ter mais qualidade de  vida
  • Ser ouvido sem ser julgado
  • Descobrir novas potencialidades e habilidades
  • Livrar-se de hábitos prejudiciais
  • Sentir-se acolhido e compreendido
  • Melhorar a qualidade de seus relacionamentos
  • Compreender as situações que está vivenciando
  • Lidar com medos e dificuldades
  • Ressignificar situações adversas
  • Desenvolver novos repertórios comportamentais
  • Ressignificar sua profissional.

 

Queixas comuns

  • Alta expectativa sobre as coisas
  • Crises de ansiedade
  • Busca por autocontrole
  • Falta de motivação
  • Falta de atenção, concentração
  • Sentimento de infelicidade, insatisfação ou de estar vivendo no “piloto automático”
  • Medos
  • Traumas
  • Autoexigência
  • Sentimento de incapacidade
  • Dificuldades em relacionamentos amorosos
  • Dificuldade em se impor nas relações de trabalho
  • Dificuldade em dizer não
  • Dificuldade em dar feedback negativo para as pessoas
  • Mudanças comportamentais advindas do processo de tornar-se adulto
  • Sentimento de culpa excessivo
  • Necessidade de controlar tudo e todos
  • Busca por autoconhecimento
  • Alta valorização dos erros em detrimento dos acertos
  • Sobrecarga emocional
  • Não conseguir tomar uma decisão sozinho
  • Necessidade de estar todo tempo próximo a alguém
  • Choro frequente
  • Dificuldade em lidar com perdas
  • Dificuldade de conviver socialmente
  • Insônia
  • Preocupação excessiva
  • Distorção da autoimagem
  • Procrastinação
  • Estudo improdutivo
  • Estresse nos estudos e ou trabalho
  • Alta expectativa sobre as coisas
  • Crises de ansiedade
  • Busca por autocontrole
  • Falta de motivação
  • Falta de atenção, concentração
  • Sentimento de infelicidade, insatisfação ou de estar vivendo no “piloto automático”
  • Medos
  • Traumas
  • Autoexigência
  • Sentimento de incapacidade
  • Dificuldades em relacionamentos amorosos
  • Dificuldade em se impor nas relações de trabalho
  • Dificuldade em dizer não
  • Dificuldade em dar feedback negativo para as pessoas
  • Mudanças comportamentais advindas do processo de tornar-se adulto
  • Sentimento de culpa excessivo
  • Necessidade de controlar tudo e todos
  • Busca por autoconhecimento
  • Alta valorização dos erros em detrimento dos acertos
  • Sobrecarga emocional
  • Não conseguir tomar uma decisão sozinho
  • Necessidade de estar todo tempo próximo a alguém
  • Choro frequente
  • Dificuldade em lidar com perdas
  • Dificuldade de conviver socialmente
  • Insônia
  • Preocupação excessiva
  • Distorção da autoimagem
  • Procrastinação
  • Estudo improdutivo
  • Estresse nos estudos e ou trabalho

Como funciona

O processo psicoterapêutico é, antes de tudo, um espaço de acolhimento, escuta e empatia.

Consiste em um ambiente seguro e sigiloso, visto que é dever do psicólogo respeitar o sigilo profissional a fim de proteger, por meio da confidencialidade, a intimidade das pessoas, grupos ou organizações, a que tenha acesso no exercício profissional, conforme o Código de Ética Profissional do Psicólogo.

A psicoterapia se baseia em uma relação colaborativa, ou seja, psicoterapeuta e cliente constantemente reconhecem dificuldades e estabelecem objetivos, a fim de embasar as propostas de manejo e tratamento realizadas pelo psicólogo.

Em geral, as sessões de psicoterapia podem ser realizadas de forma online ou presencial, têm duração de 50 minutos e ocorrem semanalmente ou quinzenalmente.

Abordagem embasada na Análise do Comportamento

A análise do comportamento é uma ciência, formulada pelo psicólogo B. F. Skinner, que estuda o comportamento humano a partir da interação entre organismo e ambiente.

Vamos considerar as situações cotidianas apresentadas nas “Queixas comuns”: cada uma delas está relacionada a algum tipo de comportamento humano. Elas ilustram a variedade de problemas com os quais especialistas em modificação de comportamento podem lidar.

O analista do comportamento estuda as relações funcionais. Fazer uma análise funcional é identificar a função de um comportamento, isto é, entender por que um determinado comportamento se manifesta e se mantém.

Psicoterapia online

As sessões podem ser realizadas na modalidade online, durante ou até mesmo após a pandemia.

Assim como no atendimento presencial, o atendimento online respeita o sigilo e confidencialidade, conforme o Código de Ética do Psicólogo.

A sessões através de videochamadas podem ser realizadas por WhatsApp ou Skype, de acordo com a preferência do paciente.

 

Algumas recomendações para que o atendimento online mantenha a mesma qualidade do atendimento presencial:

  • Procurar um local que possa ser garantida a privacidade e o sigilo.
  • Evitar ter distrações como: animais, crianças, comer durante as sessões etc.
  • Desligar as notificações (inclusive do WhatsApp) e alertas de mensagens.
  • Procurar deixar o espaço confortável, se possível com lenços de papel e água.
  • É recomendável o uso de fones de ouvido.
  • Se possível, coloque senha no WhatsApp, para aumentar a segurança e confidencialidade do atendimento.

Se preferir, também podemos utilizar o zoom ou o skype.

O momento da terapia é o momento dedicado somente a você, tenha esse autocuidado consigo mesmo